quarta-feira, 16 de abril de 2014

Esquadrão Jaguar Celebra 35 Anos e Vive a Expectativa de Receber os Novos Caças Gripen


O 1º Grupo de Defesa Aérea (1° GDA), também conhecido como Esquadrão Jaguar, comemorou na última sexta-feira (11/04) seu 35º aniversário. Para marcar a data, foi realizada uma cerimônia militar na Base Aérea de Anápolis (BAAN), onde foram entregues distintivos de condição especial pelos serviços prestados em unidades de caça por 15, 10 e 5 anos.

O 1° GDA é uma unidade da Força Aérea Brasileira subordinada à Terceira Força Aérea (III FAE), que tem a responsabilidade de realizar a defesa aérea do país por meio da utilização das aeronaves de caça. Com o anúncio da escolha do Gripen NG, o 1º GDA tem agora que se adaptar a nova doutrina e capacitar seus militares para atender as demandas da nova aeronave, o que para o Comandante do 1º GDA, Major Aviador Cláucio Oliveira Marques, será um diferencial. “A aquisição dos Gripens deve representar um salto tecnológico e doutrinário não só para o esquadrão, mas também para a Força Aérea”, ressalta o Major. Ele também mencionou que os pilotos do Esquadrão estão fazendo cursos da aeronave F-5M e se preparando para receber os novos caças.


Histórico

Original do antigo Núcleo da Primeira Ala de Defesa Aérea (NUALADA), criado em 09 de fevereiro de 1972, que mais tarde passaria a se chamar 1ª Ala de Defesa Aérea (ALADA); o 1º GDA teve como primeira aeronave o F-103 Mirage III, escolha que teve o objetivo de criar a primeira unidade de interceptação da América Latina.

Após a ativação da 1ª ALADA, foi criado o Grupo Planalto composto pelos quatro Esquadrões Operacionais: São Francisco, Amazonas, Paraná e Tocantins. Todos eles batizados com nomes de rios brasileiros, visando proporcionar identidade nacional aos grupos. Para efeito de código rádio, coube a cada grupo uma cor, sendo azul a do Esquadrão São Francisco e “JAGUAR” o código dos pilotos.


A primeira aeronave, já ostentando as cores e as estrelas da FAB, realizou o seu primeiro voo em 06 de março de 1972. A pista de pouso do NUALADA foi inaugurada também em 1972, e no dia 1º de outubro, chegou a primeira aeronave Mirage III brasileira a bordo do C-130 Hércules 2456. Já o primeiro voo de F-103 Mirage no Brasil, foi realizado no dia 27 de março de 1973 pelo piloto de provas francês, Pierre Varraut. No dia 6 de abril, foi realizada a 1ª missão militar com seis aeronaves fazendo um voo comemorativo em Brasília, sob o comando do Coronel Antônio Henrique, primeiro piloto brasileiro a voar o Mirage III operacionalmente.
Mirage III

A essa altura era necessária a criação de um grupo e de uma Base Aérea em Anápolis, o que veio a acontecer no dia 11 de abril de 1979, através de uma portaria ministerial que desativou a Primeira Ala de Defesa Aérea, criando assim a Base Aérea de Anápolis e o Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1°GDA).
MIRAGE 2000/ F-5M

Em dezembro de 2005, ocorreu o último voo operacional do Mirage III, e a partir de setembro de 2006 chegaram os primeiros Mirage 2000 ao 1º GDA. Entre dezembro de 2005 e setembro de 2006, operaram em Anápolis o AT-26 Xavante, o T-27 Tucano, além de aeronaves F-5 Tiger, que cumpriram escalas de alerta. Em 2008, chegaram as últimas aeronaves Mirage 2000, que fizeram seu último voo em 31 de dezembro de 2013.


Fonte: Agência da Força Aérea/ Revista Aerolatina

domingo, 13 de abril de 2014

3° Copaer Realiza Treinamento de Brigadista voluntários em Cidades do Norte de Minas

Militares do 3° Grupamento de Radio Patrulhamento Aéreo ministraram treinamento a brigadista voluntários em algumas cidades do norte de minas gerais, o treinamento faz parte das operações Previ-incêndio realizado pelo governo de minas contra incêndio florestais que atingem todos os anos o estado principalmente a região do norte de Minas Gerais.

















Fotos: 3° Copaer Base Montes Claros

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Portugal Ainda Não Decidiu se Compra Aviões Militares KC-390 Fabricados Pela Empresa Brasileira Embraer


Ano e meio após a inauguração das duas fábricas que o grupo aeroespacial brasileiro Embraer instalou em Évora (Setembro de 2012), é possível que Portugal possa vir a adquirir seis aviões militares KC-390 ali produzidos.
A decisão vai ser tomada “ainda em 2014″, anunciou o Ministro da Defesa, Pedro Aguiar-Branco durante a visita que efectuou esta quarta-feira de manhã às unidades da Embraer instaladas na cidade alentejana onde são produzidos alguns componentes da estrutura da aeronave militar que pode vir a equipar a Força Aérea Portuguesa (FAP).
Aguiar- Branco faz depender a decisão final das “condições financeiras do país” e logo que esteja garantida a “sustentabilidade” das contas públicas. Satisfeito este requisito, o ministro admite que o avião KC-390 pode vir a constituir um “importante” contributo para o “reequipamento” da FAP realçando o facto de a aeronave brasileira entrar “em fase de testes” no próximo ano para ser comercializada em 2016.
O projecto que a Embraer instalou em Évora é o resultado de uma parceria entre o grupo brasileiro e o Estado português que ” eleva a participação das empresas portuguesas” ao fazer uso de tecnologia de ponta, realçou o governante.
Com efeito, nas instalações da Embraer erguidas na periferia da cidade de Évora e junto ao aeródromo municipal, são fabricados componentes metálicos que participam na constituição das asas e alguns elementos compósitos que integram os estabilizadores horizontais da aeronave.
As unidades da Embraer instaladas em Évora implicaram um investimento próximo dos 180 milhões de euros.

Fonte: Poder Aéreo

Airbus Mantém Rédea Curta em Design de Cabine do A350


A fabricante europeia de aviões Airbus revelou nesta segunda-feira a primeira cabine de seu novo avião bimotor de tamanho médio, o A350 XWB, prometendo evitar uma repetição dos atrasos causados por alterações no design da cabine de seu super jumbo A380.

A Airbus entregou o primeiro A380 dois anos depois do previsto, devido a atrasos causados por um salto na demanda por interiores personalizados e problemas na instalação de fiações elétricas.



Executivos disseram nesta segunda-feira que o primeiro A350 XWB, o rival da Airbus para o 787 Dreamliner da Boeing, ainda está dentro do cronograma para ser entregue à cliente de lançamento Qatar Airways no final deste ano.
Embora esteja oferecendo opções de personalização, como a escolha de assentos e luzes LED, a Airbus espera que seu novo centro de personalização em Hamburgo e um catálogo de opções específicas reduzirão os potenciais atrasos.



Os fornecedores também são certificados antes de serem inclusos no catálogo, outra medida para prevenir atrasos.
"Não queremos uma repetição do problema em que aeronaves não podiam ser entregues porque estávamos esperando elementos de cabine", disse Chris Emerson, vice-presidente sênior de marketing.

A Airbus ganhou pedidos para 812 aeronaves A350 XWB, que podem acomodar entre 276 e 369 passageiros, até o final de março.



Fonte: Reuters/ Revista AeroLatina

sábado, 5 de abril de 2014

Navio Chinês em Busca Por Avião Desaparecido Diz ter 'Captado Sinal' No Oceano Índico



Um navio chinês que está em busca da caixa-preta do avião da Malaysia Airlines, desaparecido há quase um mês, diz ter captado um sinal, informou a agência de notícias chinesa Xinhua.
Segundo a agência, o sinal tem a frequência de 37,5kHz por segundo, o mesmo que é geralmente emitido por caixas-pretas.


No entanto, ainda não há evidências concretas de que o sinal esteja ligado ao voo MH370, que teria caído no sul do Oceano Índico, reiteirou a Xinhua.
Desde a sexta-feira, equipes de buscas vêm usando equipamento de alta tecnologia para tentar achar a caixa-preta do avião.
Dois navios munidos com tecnologia especial de localização vasculham uma rota submarina de 240 quilômetros. Além disso, outros 14 aviões e nove navios participam do esforço.
O voo MH370 está sumido desde o dia 8 de março. Ele fazia a rota de Kuala Lumpur, na Malásia, a Pequim, na China, com 239 pessoas a bordo.
http://img4.catalog.video.msn.com/Image.aspx?uuid=d3c47f03-bc04-4fee-9b6b-35e5aaeef8da&w=304&h=171&so=4
BBC acompanha voo em busca no Índico por avião desaparecido
 Tudo indica que o avião caiu no sul do Oceano Índico, mas até agora nenhum destroço foi achado.
As buscas estão sendo coordenadas a partir da cidade de Perth, na Austrália.

Técnica especial


Os navios Ocean Shield, da Austrália, e HMS Echo, dos Estados Unidos, estão usando tecnologias especiais parecidas. A embarcação australiana leva um 'towed pinger locator', dispositivo que é rebocado em baixa velocidade pelo navio, fornecido pela Marinha americana.
A caixa-preta que está no fundo do mar emite pequenos sinais de dados conhecidos como 'pings'. A tecnologia equipada nos dois navios tenta ler pings que estão sendo emitidos no mar.
As equipes de buscas têm pouco tempo para usar esta técnica, porque as baterias das caixas-pretas costumam durar apenas cerca de 30 dias.
Com as baterias expiradas, perde-se a chance de se tirar proveito da emissão dos pings para achar o avião.



Fonte: BBC.COM

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Azul Solicita Alteração e Novos Voos em Montes Claros

A companhia azul linhas aéreas solicitou a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) implantação e alteração em seus voos em montes claros.
A partir do dia 07/04/2014 segunda feira o atual voo 04384 operado pelas aeronaves ATR-72-600 com capacidade para 50 passageiros, com chegada prevista as 14:00 procedente de CNF, com decolagem prevista as 14:30 rumo a CNF cumprindo o voo 04385, passa a ser operados pelas aeronaves Embraer 175 com capacidade  para 86 passageiros.

Embraer 175 




 O novo voo passa a ser 05080 com chegada prevista as 14:30,  o voo de volta 05081 passa a decolar as 17:00 rumo a CNF de segunda a sexta, aos sábado e domingo o voo chega as 14:30 e decola rumo a confins  as 15:05.


CNF-MOC chegada 14:30 voo 05080
MOC-CNF Partida 17:00 voo 05081

Sábados e Domingos

CNF-MOC chegada 14:30 voo 05080
MOC-CNF Partida 15:05 voo 05081


Outro importante voo que começa a vigorar a partir do dia 05/04/14 e a volta do voo da companhia que liga montes claros ao aeroporto da Pampulha (PLU) em Belo Horizonte os voos serão operados pelas aeronaves ATR-72-600.

Modelo ATR-72 Utilizado Pela Azul em seus voos para cidade






PLU= Pampulha
CNF= Confins
MOC= Montes Claros




Fonte: Azul Linhas Aéreas



quarta-feira, 2 de abril de 2014

Azul Deixa de Operar em Juiz de Fora e Transfere Voos Para o Aeroporto Itamar Franco

A empresa Azul Linhas Aéreas informou ao G1 que, a partir desta quinta-feira (3), a companhia deixará de operar no Aeroporto Francisco Álvares de Assis (Aeroporto da Serrinha), em Juiz de Fora, transferindo todos os voos para o Aeroporto Presidente Itamar Franco, localizado entre Goianá e Rio Novo, na Zona da Mata.
Em nota, a empresa informou que faz constantes revisões nos procedimentos operacionais e que a decisão foi tomada após análises criteriosas sobre um incidente ocorrido no início deste ano. De acordo com a Azul, o Aeroporto Itamar Franco tem melhores condições de infraestrutura aeroportuária, contribuindo para tornar as operações mais seguras, sobretudo com o início do inverno.

Ainda segundo a empresa, para amenizar os possíveis transtornos, a partir desta quinta-feira serão disponibilizados gratuitamente pelos próximos 15 dias, ônibus entre os dois aeroportos para os clientes que já adquiriram a passagem. Para ter acesso ao transporte é preciso chegar ao aeroporto com duas horas e 30 minutos de antecedência e procurar os agentes de aeroportos da Azul.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que não recebeu nenhum pedido de alteração ou cancelamento de voos da Azul partindo do aeroporto de Juiz de Fora. Segundo a Anac, a empresa continua autorizada a operar no aeroporto e lembrou que cabe à companhia decidir em quais períodos irá operar, podendo suspender as operações.
Veja os voos que serão transferidos para o Aeroporto Presidente Itamar Franco:


Origem
Saída
Destino
Chegada
Frequência
Campinas
9h09
Juiz de Fora
10h40
Exceto aos domingos
Campinas
12h35
Juiz de Fora
13h55
Aos domingos
Campinas
12h34
Juiz de Fora
14h05
Exceto aos sábados e domingos
Campinas
16h08
Juiz de Fora
17h40
Aos domingos
Campinas
16h18
Juiz de Fora
17h50
Exceto aos sábados e domingos
Juiz de Fora
11h10
Campinas
12h47
Exceto aos domingos
Juiz de Fora
18h15
Campinas
19h55
Exceto aos sábados
Juiz de Fora
14h20
Campinas
15h51
Aos domingos
Juiz de Fora
14h35
Campinas
16h10
Exceto aos sábados e domingo




Fonte: Radar Aéreo/G1

terça-feira, 1 de abril de 2014

TAM Muda Para OneWorld e Amplia Oferta Mundial

 A partir de hoje os passageiros da TAM poderão compartilhar voos e milhas com as outras companhias aéreas que pertencem a OneWorld, graças a aliança comercial fechada hoje pela TAM com a bandeira.

Com a parceria a TAM adiciona 45 novos destinos internacionais a sua rede, com conexões de voos de grandes companhias nos Estados Unidos, Europa e Ásia, como a American Airlines, Iberia, British, Airberlin, Japan Airlines, Malaysia e Qatar Airlines.

Até ontem, a companhia aérea tinha como parceira comercial a Star Aliance. A troca da aliança é mais um passo da companhia para a integração dos negócios com a chilena Lan, para a criação da LATAM, em 2012.


A LAN Airlines, incluindo suas filiais na América Latina, já é membro da OneWorld desde 2000.
“A TAM é agora um grupo internacional e a estratégia tem de ser pensada como tal”, afirmou Marco Antonio Bologna, presidente da TAM S. A. “Há tempos analisamos as opções e vimos que a OneWorld oferece as melhores opções de parceria para continuarmos crescendo”, disse.

Segundo Bologna, a nova aliança irá proporcionar conexões diretas com os três principais destinos internacionais esco9lhidos pelos brasileiros: Miami, Nova York e Londres.

“Além disso, vamos incluir destinos inéditos para a TAM, como Austrália, Rússia e Japão, além do Golfo Pérsico e Índia, dois destinos muito procurados e que mantém parceria apenas por meio dessa aliança”, afirmou Bologna.

A demanda maior no Brasil por voos corporativos e a lazer para regiões na Ásia nos últimos anos também pesou na decisão. 
Onze parcerias comerciais que a TAM mantinha com empresas de aviação que eram da Star Alliance serão mantidas – entre elas a da Lufthansa.

Milhas

Os pontos que os passageiros da TAM já possuem no TAM Fidelidade poderão agora ser usados para compra de passageiros para alguns dos destinos incluídos nas rotas da companhia, por meio da aliança.

No mês de maio de 2014, a companhia irá oferecer pontos em dobro para todos os seus membros que voarem com as companhias parcerias da aliança. As regras para trocas de pontos é exatamente a mesma, garante a empresa.

Integração

A integração da LAN com a TAM já passou por três fases nesses dois últimos anos, incluindo a de sinergias comerciais, ajuste de frotas e redução de custos.

“Muita coisa já foi concluída, mas ainda faltam ajustes nas áreas de sistemas, processos e cultura das entre as duas companhias”, disse Bologna.

De acordo com ele, o plano de manter as duas marcas – LAN E TAM - operando de maneira independe segue adiante. 



Fonte: Exame 
Fotos: Divulgação / TAM