Eurocopter AS365 Dauphin

Aviação Militar e Asas Rotativas

ATR-72-600 Azul/Trip

O Melhor Conteúdo da Aviação Você Encontra Aqui Equipe MOC Ao Vivo

Embraer ERJ-195 Azul

Aviação Comercial

Cessna 525 Citationjet

Aviação Executiva

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Boeing Lança 737 MAX 10


A Boeing oficializou o lançamento do 737 MAX 10 no primeiro dia do Paris Air Show, que ocorre em Le Bourget. O modelo recebeu uma série de modificações com relação ao 737 MAX 9, incluindo uma seção extra da fuselagem, que alongou a cabine de passageiros em 167 centímetros, asas com alguns refinamentos aerodinâmicos, trem de pouso mais alto, uma porta de emergência central nova, além da possibilidade de acomodar até 230 passageiros.
Projetado para transportar 188 passageiros em duas classes, o 737 MAX 10 possui neste caso a mesma capacidade de transporte do Airbus A321neo, enquanto em classe única, a capacidade é ligeiramente menor. Porém, o modelo da Airbus possui alcance de 6.850 km, enquanto o MAX 10 terá alcance de 5.960 km. Mesmo com menor capacidade, a Boeing promete uma redução de combustível de 5% por assento em relação ao concorrente e mais de 20% em comparação com a geração atual do 737 Next Generation.
No primeiro via o MAX 10 registrou encomendas realizadas por 10 clientes, sendo 43 novos pedidos, 84 cartas de intenção e 164 conversões de pedidos. 



Fonte: Aeromagazine

Vendo Aeronave Bi-motor Sêneca lll


Vendo aeronave bi-motor Sêneca lll 
Fabricante: Piper (Embraer)
Família: Sêneca
Modelo: Sêneca lll
Ano: 1992
Valor: R$ 750.000
Horas Voadas: 2500 horas
Horas Disponíveis: 800 horas
Informações Adicionais:
1+5 passageiros
Radar colorido.
Interior do Sêneca V, em ótimo estado de conservação.
Pintura do Sêneca V
Piloto automático KCF 150.
Aeronave homologada IFR.
Segundo dono.
Aceito propostas!


Fotos e maiores informações: Whatapp/Contato: (38) 99223-7452 Tim

Embraer Legacy 500 PR-EUF


Recebemos  na manhã de ontem 22/06 a visita deste belo Embraer Legacy 500 de prefixo PR-EUF. 






Sigam nosso instagram: @aeroportodemontesclaros

sábado, 17 de junho de 2017

Avião Sêneca a Venda


Vendo aeronave bi-motor Sêneca lll 
Fabricante: Piper (Embraer)
Família: Sêneca
Modelo: Sêneca lll
Ano: 1992
Valor: R$ 750.000
Horas Voadas: 2500 horas
Horas Disponíveis: 800 horas
Informações Adicionais:
1+5 passageiros
Radar colorido.
Interior do Sêneca V, em ótimo estado de conservação.
Pintura do Sêneca V
Piloto automático
Segundo dono.
Aceito propostas!


Fotos e maiores informações: Whatapp/Contato: (38) 99223-7452 Tim

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Versão Civil do Hercules C-130 Realiza Seu Primeiro Voo


Após mais de 60 anos prestando serviços militares em boa parte do mundo, o C-130 Hercules renasce com roupagem civil para um amplo leque de missões, em sua maioria não muito diferentes daquelas das forças armadas de muitos países.
Até 2015, cerca 2.500 unidades do C-130, nas mais diferentes versões, haviam sido fabricadas – primeiro pela Lockheed e depois pela Lockheed Martin. Com sua designação civil LM100J (derivado do C-130J militar), fez seu primeiro voo neste mês de maio, iniciando o imprescindível programa de testes a caminho da certificação.   
Assim como variantes mais antigas do Hercules – construído entre 1964 e 1992 com 115 entregas – o L100J se destina a uma série de aplicações civis, como o transporte de cargas volumosas ou disformes, dipersão de óleo/pulverização aérea, exploração de óleo e gás, operações logísticas em mineração, combate ao fogo, lançamento aéreo de cargas, evacuação médica/ambulância aérea, operações humanitárias, operações em pistas não-preparadas e busca/salvamento. 
Embora rotulado como plataforma comercial, o LM-100J também tem os usuários militares e governamentais como alvo que talvez não necessitem alguns dos recursos mais avançados (e mais caros) do C-130J. É o caso, por exemplo, de equipamentos eletrônicos para comunicação segura, “racks” e fiação elétrica, todos eiminados, que reduzem o custo unitário do LM-130J para US$ 70 milhões, ante os US$ 100 milhões do modelo G-130J militar.
A  Lockheed Martin vê grande potecial comercial em países da América Latina, África e partes da Ásia. Clientes militares que já adquiriram o antigo L-100 incluem Argentiva, Equador, Gabão, Indonésia, Líbia, Peru, Filipinas, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. 


Fonte: Aeromagazine