quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Esquadrão Falcão recebe 4° Helicóptero H-36 Caracal


O Esquadrão Falcão (1º/8º GAV) recebeu a quarta unidade do helicóptero H-36 Caracal. O recebimento da aeronave sob matrícula FAB 8514 foi realizada em Itajubá (MG) em 10 de Setembro.
Na FAB, o helicóptero está em operação na região amazônica desde Abril de 2011, quando a unidade aérea sediada na capital paraense recebeu a primeira unidade. Com capacidade para transportar até 31 pessoas a bordo, o Caracal pode decolar com peso máximo de 11 toneladas e voar a 260 km/h.
Recentemente, o modelo foi empregado em exercício de resgate em combate (CSAR) em conjunto com aeronave remotamente pilotada, RQ-900 Hermes, e de caça A-29 Super Tucano. A missão, realizada em Campo Grande (MS), empregou óculos de visão noturna (NVG).

A aeronave faz parte do programa de reaparelhamento do ministério da Defesa que prevê um total 50 unidades do modelo EC-725 para Marinha, Exército e Aeronáutica. O gerenciamento de todo o processo de aquisição é realizado pela Comissão Coordenadora de Aeronave de Combate (COPAC).



Fonte: Agência da Força Aérea

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Rockwell Collins Entrega Software do KC-390


A Rockwell Collins entregou o sistema de software para ensaios em voo do Pro Line Fusion destinado ao KC-390. O software está agora em controle de configuração e permite que a Embraer conclua a integração dos sistemas da aeronave.
“Este é um marco muito importante para que a Embraer possa prosseguir com o primeiro voo”, afirma Alan Prowse, vice-presidente e diretor executivo da Rockwell Collins nas Américas.
O programa KC-390 marca a primeira aplicação militar da suíte de aviônica Pro Line Fusion, que fez sua estreia no segmento de jatos executivos em 2012. Ele também representa a maior participação que a Rockwell Collins possui no conteúdo de uma aeronave militar da Embraer.
A Rockwell Collins estabeleceu uma equipe de engenharia e gestão exclusiva para o programa do KC-390 no Brasil, ficando co-localizada nas instalações da Rockwell Collins do Brasil e da Embraer em São José dos Campos.


Fonte: Aeromagazine

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Qatar Airways Exibe Seu Primeiro Airbus A350 XWB

A Qatar Airways divulgou as imagens do seu primeiro A350 XWB com as cores completas. A empresa é cliente lançador da família A350 e deverá iniciar nas próximas semanas os voos regulares com o mais novo modelo da Airbus.
A Qatar possui um pedido firme para 80 A350 (43 A350-900 e 37 A350 -100). 
Atualmente a Airbus possui 742 pedidos para o modelo, sendo 34 A350-800, 539 A350-900 e 19 A350-1000, oriundos de 38 clientes ao redor do mundo. No Brasil a TAM possui 27 pedidos para o A350-900.
A Qatar ainda é cliente do Boeing 787, sendo uma das poucas empresas do mundo a possuir pedido para os dois modelos. O Grupo Latam embora também tenha encomendas para ambos, entretanto, os contratos foram assinados antes do processo de fusão entre Lan e TAM.
A Qatar deverá iniciar os voos regulares com o A350 XWB ligando Doha a Perth, na Austrália. 



Fonte: Aeromagazine

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Expo Aéreo Brasil EAB 2014

Confira um pouco do que rolou em uma das maiores feiras de  aviação do mundo Expo Aéreo Brasil 2014 em Maringá.



Vulcanair P68C Observer 2 PR-FSJ


Cessna 152  PR-FEA

Cessna 152  PR-EJK 


Cessna 208B Grand Caravan N595EX 


Cessna 208B Grand Caravan   PP-VVB 



Cessna 560XL Citation XLS  PR-JSR


Cessna T240 Corvalis TTx  N230CS


CAT P2006T   PT-FLT


Vans RV-10  PP-XNM 


FOX V8   PU-WOW


American Champion 8KCAB-180 Super Decathlon  PT-OTB


North American T-6G Texan   PR-TIK


KODIAK 100   PR-KDK


Beechcraft King Air F-90  PT-OFS



Piper PA-34-200 Seneca I  PR-FLM 


Piper PA-34 Seneca II  PR-AJC

Piper Malibu   PP-PPP


Piper Malibu   PR-MCK




Cirrus SR22 Grand  PP-CPM


Embraer ERJ-145LR



Super Tucano A-29 Esquadrilha da Fumaça FAB 5965


Inpaer Explorer PR-ZBG



Fotos: Jaasiel Abner













quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Governo Japonês Estuda Comprar Boeing 777 VIP


O governo do Japão estuda substituir os dois Boeing 747-400, utilizados em missão de transporte VIP, pelos Boeing 777-300ER.
Segundo fontes no governo japonês, a intenção é substituir os aviões até meados do final do ano fiscal de 2018, que encerra em março de 2019. Os atuais 747 foram entregues em 1991 e sofrem com os custos elevados de manutenção e de consumo de combustível.
A meta do governo é reduzir os gastos públicos, incluindo o valor total dos deslocamentos internacionais das autoridades do país.
A JASDF (Japan Air Self Defense Force) não confirmou se a compra será de aeronaves novas ou modelos usados convertidos para missão VIP. Apenas se sabe que foi descartada a compra do Boeing 747-8 Intercontinental devido seu elevado preço unitário e maior consumo de combustível quando comparado aos Triplo Sete. Autoridades confiram que dependendo do andamento do programa 777X, o modelo também poderá ser considerado.
A aquisição do Airbus A380 não foi contemplada devido o porte da aeronave, considerado exageradamente grande para o tipo de missão realizada pelo Japão.



Fonte: Aeromagazine